O Manuscrito do Purgatório

21% OFF

Esgotado

R$20,00 R$15,90


LEITORES CARÍSSIMOS

 

Chegou-me às mãos um livro: Le Manuscrt du Purgatorie. Confesso, recebi-o a princípio com certa desconfiança. Há por aí tantas revelações suspeitas do purgatório! Todavia, logo nas primeiras páginas encontro com os nomes de duas respeitáveis autoridades, dois teólogos cujas obras tantas vezes teriam lido e admirado. São eles: Revmo. Con. Paul Contier e o Revmo. Con. Dubosq.

 

O primeiro, autor de várias obras muito cultas, e dentre elas e Explication du Pontificai e Reglement de vie sacerdotal, hoje conhecidas em todo o mundo. É o segundo, ex-Superior do Seminário maior de Bayeux, teólogo seguro, e a quem estava já há muito acostumado a ler e consultar, pois fora o promotor da fé no Processo canônico da Beatificação e Canonização de Santa Terezinha.

 

Estes homens de Deus examinaram cuidadosamente o “Manuscrito do Purgatório” e o julgaram isento de qualquer erro. Conheceram bem de perto a história desta maravilhosa e impressionante revelação do purgatório. Que mais seria preciso para me afastar toda desconfiança? Prossegui a leitura do livro, após ter estudado, durante meses, a teologia do purgatório em algumas dezenas de bons teólogos e excelentes autores.

 

Pois, posso vos assegurar, leitores caríssimos, eu tive destas revelações uma profunda e edificante impressão. Nem um ponto sequer em desacordo com a doutrina e as opiniões dos Santos Doutores e dos teólogos mais seguros! Nem uma nota suspeita de iluminismo ou quietismo, ou qualquer outro obstáculo na espiritualidade. Nem de longe se poderia suspeitar aqui uma fraude, sugestão ou algo que revelasse um desequilíbrio de espírito.

 

Ademais, que doutrina admirável! Só esta doutrina segura, equilibrada, tão cheia de unção, e de acordo com o que de melhor se aprende nos tratados de espiritualidade e na vida dos Santos, só essa doutrina basta para tornar o “Manuscrito do Purgatório” uma obra digna de ser lida e meditada por todos, independentemente mesmo de qualquer ato de fé na revelação particular.

 

 

Leiam e meditem todas estas páginas belas e impressionantes.

Contêm elas a mais segura e bela doutrina, e estão destinadas a fazer muito bem.

 

Mons. Ascânio Brandão.